segunda-feira, 15 de abril de 2013

Análise da obra - "No meio do caminho"


No meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.
Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra

Carlos Drummond de Andrade





Tema: Analisando a poesia “No meio do caminho - Carlos Drummond de Andrade”

Autores: Emanuelle D. Gonçalves Dias e Suelen Scorsi (manu_dias753@hotmail.com/ suelen_scorsi@hotmail.com)

Resumo: Análise pessoal da poesia de Carlos Drummond de Andrade (no meio do caminho) e interpretação do problema de diferentes pontos de vista

Palavras-chave: Pedra, meio do caminho, Carlos Drummond de Andrade, caminho
Introdução:

Introdução
Este poema bastante conhecido de Carlos Drummond de Andrade causou muita polêmica. Mas, afinal, o que seria essa tal pedra? Por que Drummond a enfatiza tanto? A seguir analisaremos algumas hipóteses deste problema.

Materiais e métodos (metodologia)
Será analisada a obra de Carlos Drummond de Andrade (No meio de caminho) e levantada hipóteses dos diferentes significados que o autor pode ter empregado quando utilizado o termo “pedra”.


O poema “No meio do caminho” de Carlos Drummond de Andrade rendeu um livro, onde o próprio autor recortou e guardou cada crítica, charge e comentário feito seu poema. Os modernistas não aceitaram o uso do termo “tinha” empregado no lugar de “havia”, entre tantas outras críticas.

No meio do caminho tinha uma pedra 
tinha uma pedra no meio do caminho
 
tinha uma pedra
 
no meio do caminho tinha uma pedra.
 

Mas afinal, o que seria essa tal pedra que o autor tanto enfatiza? É certo que ela tem algum significado e provavelmente foi algum fato marcante na vida do autor, como se pode observar no seguinte trecho: “Nunca me esquecerei desse acontecimento na vida de minhas retinas tão fatigadas.” Essa pedra pode ser uma dificuldade muito grande que ele tenha passado, algum problema, ou algum imprevisto que quando ele menos imaginava, apareceu e que, provavelmente ele tenha enfrentado, ou contornado a situação. Mas, olhando em uma outra perspectiva, pode ter sido também algum fato importante e feliz, quem sabe essa pedra não pudesse ser um diamante?!



Referencial: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,a-biografia-da-pedra-no-meio-do-caminho,644329,0.htm









Nenhum comentário:

Postar um comentário